Repelente, por favor.

A intensidade do vento, o manual ignorado, as varas deterioradas, a armação rasgada, o martelo ferrugento, as estacas desalinhadas: todos os sentidos despertos para uma grande aventura! Com a devida distância e com uma pequena, mas forte picadela na perna direita revivi a desastrosa experiência do campismo –naquela madrugada de agosto- relembrando o porquê das emoções, dos […]

Ler Mais