30

Hoje fecho um ciclo para que outro se abra. Um número que se materializa na sincronicidade da minha existência, uma ligação entre a simplicidade da infância, a rebeldia da juventude e a intensidade de ser adulta, através de fios invisíveis vividos com sentido. E é assim que chego aqui, aos 30. Aos meus 30 anos…

A vida ensinou-me a ser uma pessoa crescida, ao sabor do momento, daquilo que sinto, da forma como a vejo e como a amo. Confiando na magia do universo cor-de-rosa, onde todos “vivem felizes para sempre”. Acreditando nas voltas que a vida dá como uma fénix que renasce das próprias cinzas. E a ter fé no amor, como uma autêntica pisciana, que concede ao amor a força vital.

Tudo o que vivi fez de mim o que sou hoje. E talvez, a minha missão aqui seja ver na vida a arte de viver a vida. A vida que é a minha melhor amiga. Numa simbiose perfeita. Sigo-a. Para sempre. 

Parabéns a mim, parabéns aos meus 30!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s