A Arte da Escolha

Quem somos nós?

Todos somos feitos de escolhas. Há nelas o estímulo do que o que vier será melhor. A aspiração de sermos ainda mais. E há ainda a oportunidade de extinguir os limites da zona de conforto. Mas também há a consciência de que é preciso sentir para ir. Arriscar. Tentar. Viver.

A isso somam-se as emoções. Muitas vezes apelidadas de “razões”. A razão de um estado de inércia, ou da crise interior que questiona o certo, o habitual e o célebre desconforto do desconhecido. Ou a razão que nos faz entrar numa espera permanente do eu, dos outro, do momento. E da janela que se abra, com certeza.

Mas esperamos para quê?

Para escolhermos sermos nós próprios. Olhando para quem somos, o que fazemos, quanto queremos, como sentimos e se acreditamos. Na escolha de escolher aquilo é invisível aos olhos. E visível a quem o quer escolher!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s