Primavera

Hoje acordei, antes do despertador tocar, com os primeiros raios de sol da nova estação. A primavera despertou-me com a transformação das árvores, as cores dos lugares e os padrões florais que dão vontade de abrir os olhos e o coração à nova estação.

A primavera chegou e trouxe mudança. Uma mudança nos dias, nos armários, nas paisagens e, acima de tudo, no que nos inspira a começar o hoje com mais leveza, cor e vida. E foi esta inspiração que me levou a despedir-me do certo, a lutar pelo despertar que quero e a arriscar a busca pela felicidade. Porque ano após ano, a mudança chega e esta primavera não será diferente. 

Como vais viver a nova estação

Anúncios

Publicado por

O Blog Dia de Mudança relata o caminho de uma jovem de 25 anos desde o momento em que descobre que tem um Linfoma de Burkitt até à atualidade, onde demonstra como o corpo e a mente recuperam após meses de tratamentos.

4 thoughts on “Primavera

  1. Ola GABI .Vi-a no programa da tarde e sua e fiquei maravilhada .Tenho 43 anos e em Junho de 2016 foi me diagnosticado cancro da mama.Tenho um filho quase da sua idade tem 22 anos e foi ele que me deu força para seguir em frente e levar esta luta ate ao fim. Agradeço todos os dias ao acordar por mais um dia repleto de emoções,tambem encontrei pessoas no meu caminho como a GABI e agradeço a DEUS por estas pessoas entrarem nas nossas vidas,pois sao a força e a inspiração para todas as pessoas que passam pelo mesmo.Um grande beijinho e muita SAUDE.

    Gostar

  2. Parabéns Gabriela.
    Vi o seu programa e gostei dessa sua força de viver.
    Eu em 2011 também me foi diagnosticado cancro da mama.
    Tive de fazer mastectomia, com esvaziamento da axila, químio e rádio terapia.
    Tenho dois filhos hoje o mais novo tem 23 anos e o mais velho 37.
    O de 37 é muito doente foi-lhe diagnosticado diabetes aos 13 anos a partir daí foi sempre a sofrer já foi operado às duas vistas da direita só tem 20% de visão, em 2015 os rins deixaram de trabalhar por causa dos diabetes teve de começar a fazer himodialise, em 2016 foi transplantado de rim e pâncreas.
    O mais novo em 2016 foi lhe diagnosticado doença de Edysson as supra renais não produzem cortisona e tem de tomar todos os dias 40 mg de cortisona para poder viver.
    Todos os dias peço a Deus que me deixe viver porque os m eus filhos precisam de mim.
    É vivo só com eles sou divorciada e sofri muito de violência doméstica.
    Mas hoje o que mais quero é viver.
    Bjos e muita força

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s