O Amor e uma Cabana

Tinha 24 anos quando conheci o Rodrigo, três anos mais velho do que eu. O olhar na Figueira da Foz; a paixão em Aveiro; a construção em Oliveira do Bairro e a certeza em Coimbra. Sim, acredito no destino, pois há encontros que têm de o ser!

Quase dois anos e meio de namoro. Dois anos a viver juntos. Três casas. Duas doenças. Tudo passou tão rápido…

Tendo em conta a minha experiência civil decidi revelar-vos alguns desafios que agregam o “juntar os trapinhos”. A saber:

  • A Cabana

Dizem que o amor romântico só precisa de uma cabana para o ser. Obviamente, que não. É verdade que não existe amor sem cabana e muito menos o contrário. Só que a Cabana é arrendada ou comprada atendendo à disponibilidade financeira do casal. A partir daí, ela será “construída” numa base diária, onde feitios, gostos, defeitos, stress estão todos ao molho. Posto isto, pode ser que o novo príncipe venha em versão Tarzan e a cabana e o amor voltem ao estado puro.

  • Tarefas Domésticas

Há quem defenda que o homem deva ser incumbido de todas as lides domésticas, uma vez que, passou os últimos anos de perna cruzada no sofá a dizer “Maria, traz-me a cerveja”. Outras afirmam que a partilha é a melhor solução elaborando todo um plano semanal. Mas há ainda quem não queira romper com a tradição ancestral. Pois bem, não sei qual será o melhor cenário. Todavia, acho que as senhoras da limpeza resolvem grande parte das discussões conjugais.

  • Lingerie

Eu sei que já o Marco Paulo nos avisava para sermos uma lady na mesa e uma louca na cama. Mas minhas amigas quem é a alma que acorda de manhã, controla todos os segundos para não chegar atrasada, arranja-se à pressa e ainda pensa se calhar é melhor vestir este conjuntinho para quando chegar a casa haver ramboia. Atenção, isto não quer dizer que só usem as cuecas de gola alta, desbotadas ou com um buraquinho. E já agora porque é que ninguém fala da roupa interior masculina? Será que o homem também pensa qual o melhor boxer para umas pinocadas?! Vou fazer uma pesquisa e depois conto-vos.

  • Animais de Estimação

Quando comecei a viver com o rapaz disse-lhe logo que queria um cão. Sempre ouvi dizer que ter um animal é o primeiro passo antes de ter um filho. E então? Continuo com a dúvida se seremos bons pais já que não tivemos capacidade de tornar a Chanel um cão civilizado. Mas, agora que temos um peixe a coisa já está a correr melhor.

  • Cenas de gajas

Vais ao cabeleireiro fazer umas nuances. Engordas umas gramas. Compras roupa nova. Limpas a casa. Ou mudas as plantas. E voilá, ele não faz um comentário que valha a pena as horas perdidas. Enlouqueces, pensas em apertar-lhe o pescoço ou decides que para a próxima mudas tudo radicalmente. Calma, ele vai dizer-te que continuas linda.

No final de contas, tudo reforçará a união. E de facto, sabes que queres continuar a partilhar o resto da vida com o homem que te põe, algumas vezes, o cabelo em pé.

Que continuemos a amar-mo-nos na nossa Cabana ❤

screenhunter_412-sep-18-13-29.jpg

 

Anúncios

Publicado por

O Blog Dia de Mudança relata o caminho de uma jovem de 25 anos desde o momento em que descobre que tem um Linfoma de Burkitt até à atualidade, onde demonstra como o corpo e a mente recuperam após meses de tratamentos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s