Vontades Soalheiras

Chegou o Verão, uma das minhas estações favoritas, e com ele surgiu o poder da Recordação.

Há um ano atrás percorria uma difícil viagem, onde as recordações provocavam diversas tempestades tropicais. E o que fazer a essa recordação? Como gerir as vontades? Ou o que fazer quando a realidade nos aquece com a impossibilidade?

Refrescamo-nos com a ausência de respostas imediatas; com desejos que assumem intensidade, vitalidade e ira e reavivamos convicções sobre a construção ou reconstrução dos Castelos na Areia.

Este ano os planos para o Verão ainda não estão concluídos, porém tenho a certeza que estou a desfrutar de uma nova Etapa. Uma etapa que exprime a resposta às vontades sentidas em outros tempos. Transmitindo que mesmo quando o irreal, o impossível e o inaceitável rebentam continuamos a ter outras ondas para mergulhar todas a Vontades, mesmo aquelas que parecem inatingíveis.

Nesta estação quero a cumplicidade da Tolha, o colorido do Guarda-Sol e o adocicado da Bola de Berlim. Quero odores, melodias, imagens e emoções. Quero um Verão convertido numa marca da Recordação!

vacation-149960_640 (2)

Anúncios

Publicado por

O Blog Dia de Mudança relata o caminho de uma jovem de 25 anos desde o momento em que descobre que tem um Linfoma de Burkitt até à atualidade, onde demonstra como o corpo e a mente recuperam após meses de tratamentos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s