12 Meses = 12 Perguntas

Desfrutamos de uma ligação controversa hostilizando os porquês, esboçando os argumentos, adiando o destino e incitando por um vestígio, por um sinal ou por uma pista.  Questiono-me se estou preparada para te ouvir, se conseguirás responder a todas as minhas perguntas, se existem razões para revelar tantas incógnitas… não sei mesmo se estou pronta para te ouvir, porém sei que preciso de te ouvir!

Gabi– Estou tão feliz por teres aceite o meu convite. Acredita que idealizei tanto mas tanto este momento.
Ano 2016– Infelizmente, sei disso… Ponderaste o motivo pelo qual adiei, tantas e tantas vezes, o nosso encontro?! Sinceramente, penso que não. Contudo, estou aqui para te responder não a uma lista interminável de questões. Mas, sim a  12 questões apenas que me  permitirão descansar tranquilamente na tua memória. 
Pergunta 1:
Gabi-  Porque preencheste os meus dias com esta luta?
Ano 2016-  Porque precisavas de os rechear com algo mais autêntico. Algo como a tua essência, o teu sorriso e a tua força até então desconhecida. Necessitavas de parar e perceber que tens uma compatibilidade com o tempo e que é ela que te consente enfrentar as diversas lutas, independentemente do seu teor.
Pergunta 2:
Gabi-  Porque é que entre milhares de pessoas fui eu a preferida?
Ano 2016-  Porque sim. Porque eu sabia que o teu corpo insolente questionaria o teu poder racional e juntos construiriam um espelho sem tabus e com reflexos de um rosto de menina num corpo de mulher.
Pergunta 3:
Gabi-  Porque me obrigaste a unir o amor, ao tempo e à morte?
Ano 2016-  Porque tudo está inteiramente ligado. Já pensaste quantas vezes deixaste de articular pensamentos? Já pensaste quantas frases ou palavras não proferiste? No entanto, se soubesses que num instante tudo mudaria pronunciarias, talvez, todo um dicionário, todo um coração, todo um raciocínio.
Pergunta 4:
Gabi-  Porque escolheste o dia 9 de maio para anunciar o linfoma?
Ano 2016-  Porque resolvi criar uma conotação que só entenderias no momento em que aceitasses a doença. Passo a explicar-te: dei-te um chave para fechares um ciclo e abrires um novo, capacidade única do número 9. Ainda te ofereci, o mês mais feminino do ano para comprovares a graciosidade, a fraternidade, a sabedoria e escreveres o teu M sempre com letra maiúscula. 
Pergunta 5:
Gabi-  Porque não apagas alguns momentos mais desesperantes ?
Ano 2016-  Porque há ensinamentos que não se podem perder, porque há lágrimas que não se podem secar e porque quero que testemunhes eternamente o que te moveu para continuar aqui.
Pergunta 6:
Gabi-  Porque interferiste com o meu exterior?
Ano 2016-  Porque reuni um código secreto com a habilidade de te demonstrar que o exterior não dura para sempre, é algo mutável. Em que um erro de tamanho ou uma cor horripilante amedronta os olhares mais inquietantes.  Interferi sim, com o teu interior presenteando-te com um código especial que te consente perceber que quem está a teu lado, está pelo teu interior. E são eles que te vêem não pelo que tens mas pelo que és! 
Pergunta 7:
Gabi-  Porque é que algumas pessoas não estiveram aqui?
Ano 2016-  Porque elas não quiseram, não abandonaram as suas mentalidades e não assumiram que o cancro tem uma grande possibilidade de cura. Remeteram-te para último plano, sem pensar que gostarias do seu conforto ou que o sentimento de perda já era grande o suficiente.
Pergunta 8:
Gabi-  Porque é que o futuro não me assusta?
Ano 2016-  Porque se há um ano alguém afirmasse que irias travar esta batalha dirias que a pessoa estaria louca ou completamente alucinada. Afirmarias que jamais entrarias nesta guerra, que não aguentarias viver nesta direcção e que não possuirias tal resistência. Por isso, hoje o futurismo é insignificante pois sabes que não te esconderás em suposições ou distracções.
Pergunta 9:
Gabi-  Porque é que  sinto que as células malignas morrem mas o sentimento não?
Ano 2016-  Porque existe uma simbiose entre vocês. Cada célula nova transforma-te na pessoa que és hoje, na pessoa que serás amanhã, na pessoa que serás quando venceres. Acredita que nenhum de nós te quis estragar o ano, simplesmente mostrámos-te que tanto com 25 como com 6o é possível recomeçar o nosso livro com a caneta certa.
Pergunta 10:
Gabi- Porque é que quando olho para ti sinto que és um dos Anos mais importantes da minha existência?
Ano 2016- Porque recordarás, continuamente as coisas boas que te proporcionei como o amor genuíno e inabalável e a amizade fidedigna capaz de suportar as adversidades. Lembrarás, os abraços, os gestos, os silêncios, os beijos que confortaram a carência das palavras. Memorizarás as mensagens, as melodias, os cheiros, as pessoas e os lugares que retratam este ano.
Pergunta 11:
Gabi-  Porque me proporcionaste o meu Dia de Mudança?
Ano 2016-  Porque queria que te revelasses perante os obstáculos, queria que não te resignasses entre prantos e camas de hospitais, queria que levantasses os braços e alcançasses o amanhã como algo possível e queria, acima de tudo, que compreendesses que não estás sozinha nesta batalha.
Pergunta 12:
Gabi-  Porque me enganaste com o número de ciclos?
Ano 2016-  Porque quando identificamos as nossas capacidades potencializamos as nossas fragilidades e, também, porque tu resolveste interpretar mal a multiplicação. Contudo, brindei-te com a boa nova: são 4 e não 6!
A interrogação dissipou-se através de respostas que outorgaram a glorificação do Passado, a conservação do Presente e a prudência do Futuro porque a cada término comprovas que as razões multiplicam-se para desfrutar dos 365 ou 366 dias.
calendario
Anúncios

Publicado por

O Blog Dia de Mudança relata o caminho de uma jovem de 25 anos desde o momento em que descobre que tem um Linfoma de Burkitt até à atualidade, onde demonstra como o corpo e a mente recuperam após meses de tratamentos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s