Querido, temos que mudar de casa!

Mudar ou não mudar, eis a questão. Opções pequenas nas palavras mas grandes na dubiedade que ocasionam…

Sabemos à priori que o nosso corpo, os nossos gostos, o nosso namorado ou até o nosso carro mudará. No entanto, hesitamos se queremos descobrir o novo ou vivermos com o que já conhecemos/temos.

Iniciava-se uma nova estação com a promessa de um verão quente e inesquecível e com a palavra mudança bem escondida. Vivíamos numa vila pacata, onde o stress e a hora de ponta não existiam mas, acima de tudo, era ali que tínhamos descoberto o significado de construir uma vida a dois.

Todavia, o meu estado débil e a necessidade de vivermos mais perto do hospital desfez a magia do nosso T2. O impasse típico foi substituído por caixotes e jornais originando um déjà vu: o nosso T2 foi aberto a recuperar de uma febre reumática e fechado com um linfoma. Continuei a empacotar as coisas tentando explicar o que por vezes é inexplicável…

Atualmente, a nossa vida encontra-se em pacotes nas garagens dos nossos pais; vivemos num T3 em Celas, o qual não conseguimos identificar como lar e, muito menos, sentir que ambicionamos continuar aqui por muito mais tempo; ouvimos, constantemente, as ambulâncias, o helicóptero do INEM e o trânsito caótico e enfrentamos o edifício do Hospital como paisagem, uma paisagem que se revela tão perto quando contamos as semanas ou os dias para ser internada e tão longe quando estou internada. Procuramos a tranquilidade, a calma e a serenidade no olhar um do outro, mas também a promessa que quando fecharmos esta porta viveremos de novo a magia de um T qualquer.!

Mudar ou não mudar, não foi uma questão. Foi uma obrigação! Assumo, que não foi planeada, nem pensada mas sei que irei desencaixotá-la aos poucos e irei surpreender-me. Tal, como espero que continuem a descobrir e a desencaixotar o meu Dia de Mudança!

mudanca

 

 

Anúncios

Publicado por

O Blog Dia de Mudança relata o caminho de uma jovem de 25 anos desde o momento em que descobre que tem um Linfoma de Burkitt até à atualidade, onde demonstra como o corpo e a mente recuperam após meses de tratamentos.

One thought on “Querido, temos que mudar de casa!

  1. Não era a hora..
    O teu sonho no T qualquer coisa… Iria ser pequeno!
    Sonha, sonha numa casa grande, pequena não interessa. SONHA!
    A vida quer por vezes meter-se connosco, não tem hipóteses.
    Poderão ser adiados, surgir uns tropeções, no final, vencendo obstáculos tão imprevisíveis e desnecessários, esses sonhos concretizados vão ter um outro “sabor”.
    Tens direito a tudo.
    Sonhos, tristeza, emoção, sorrisos, Tudo a que tens direito!
    Porque o que virá, será só FELICIDADE!
    E…
    Um T qualquer 🌺

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s